2006-06-15

surpreendida numa pequena causa...

No domingo, disse-me: "Na quinta-feira é dia de Corpo de Deus...se me pudesse trazer Nosso Senhor...". Percebi a ansiedade na pergunta e no velado pedido, e disse que sim, que ia. À partida não ia sair, era só fazer o mesmo de todos os domingos.
Acordei com uma crise se sinusite, nada de novo, há três dias que é a mesma coisa, e com uma disposição nada apropriada para a tarefa a que me tinha proposto. Mas para a D. Eduarda, nos seus noventa e dois anos, era um desejo muito grande, comungar no dia de hoje. Depois da breve oração na igreja, fui pelo caminho a tentar criar ânimo para parecer o melhor possível. Mas lá ia pensando que hoje, tal tarefa, não me dava jeito nenhum. Ao mesmo tempo pensava que era tão pouco o que ia fazer...era até uma vergonha, a minha falta de disposição.
À entrada, fui logo surpreendida pela D. Hermínia que me foi adiantando que não tinha podido ir à missa, por estar com um problema no pé, e que também comungaria. Pensei que não havia problema, dividia a partícula que levava, tinha era que a animar, pelo facto de, logo no dia de hoje, não poder ir à missa. Para ela, era uma grande contrariedade. Creio que deve ter reclamado com Deus Nosso Senhor, por causa disso.
Fizemos o pequeno rito do costume, com umas breves orações e muito silêncio. No momento de darmos graças, a D. Hermínia foi dizendo:"São, muito obrigada, pelas suas palavras, já percebi que não devo ficar triste por ter de ficar em casa. Muito obrigada, pelo bem que nos fez. Agora, quero que a São, dê graças." Olhei para ela surpresa, por me estar a interpelar, assim, tão frontalmente. Já me tinham passado os incómodos todos, já tinha em silêncio, pedido perdão pela minha fraqueza, pelos meus desânimos, e agora, era incitada, a pôr isso ali, na "mesa". Foi o que fiz. Acabámos as três abraçadas e em lágrimas comovidas. O Pão tinha sido todo partilhado.

8 comentários:

  1. Realmente comovente! A festa de Corpus Christi em gestos concretos, eucaristicos mesmo. A eucaristia da vida e a vida da (e na) eucaristia.

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito, este texto.
    de facto.. a eucaristia da vida...

    merci, São.

    ResponderEliminar
  3. Tás a ver!? Ainda não foste ordenada e já dás testemunho do que é (deveria ser) o ministério sacerdotal... :)

    E assim percebemos o que significa mesmo comungar a Deus.

    JS

    ResponderEliminar
  4. Nem imaginas como fiquei contente contigo e por ti e por vocês as três!
    E, depois disso tudo, ainda foste à procissão? Já não te chegava o que tinhas? Gostava de ser um bocadito como tu!
    Agradeço a Deus por tu seres quem e como és.

    ResponderEliminar
  5. Gostei muito da sua Partilha.
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
  6. You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it »

    ResponderEliminar