2006-06-14

"viver o Evangelho é escolher Cristo como educador da liberdade

Deste modo o Evangelho resulta normativo. É uma das palavras essenciais para comprendê-lo. Uma norma não é um ditame, isto é, uma regra rígida, uma ordem que entre no pormenor das coisas. A norma é criadora. O Evangelho não nos impede de ser criadores. Criadores da nossa vida sexual, da nossa vida sentimental, da nossa oração, da nossa vida económica, social e política. Deus não cria senão criaturas. O Evangelho é, portanto, uma luz necessária mas insuficiente para a nossa vida.

François Varillon

Sem comentários:

Enviar um comentário