2006-09-08

ajuda-me

Deus das surpresas,
Tu é que deves estar surpreendido,
comigo: ainda não refilei quase nada.
(Também ainda a procissão vai no adro)
Ainda comecei - que uma coisa destas, nesta altura,
não calha nada bem: Tenho aquele assunto e o outro...
Mas atiraste-me com a "artilharia toda":
família ainda mais melosa do que é costume,
amigos, idem, idem.
O pessoal da interneti cheio de carinho.
E mandaste-me a Elisa.
Na mesma situação, mas ainda mais assustada.
E sem apoio de lado nenhum.
Ajuda-me a encontrar palavras,
para a confortar.

5 comentários:

  1. Mc, querida amiga, me interessaría que vc conferi-se um post que eu publiquei com relaçâo a letura da Bíblia e as epístolas de Paulo.

    Eu agradecería sua opiniâo ao respeito (do conteúdo) naturalmente. E me desse seu ponto de vista.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Vim hoje pela primeira vez a tua casa e "espreite" tudo.
    Coragem!
    Ele está ao teu lado e leva-te pela mão.

    E há dias...

    Bj

    ResponderEliminar
  3. Como eu gostava de ter uma varinha de condão e libertar-te dos teus problemas...

    ResponderEliminar
  4. Não posso deixar-te uma varinha... mas deixo-te mais um beijinho.

    ResponderEliminar
  5. andante,

    Bem-vinda. Obrigada.

    Marco,

    ninguém gosta de sofrer. Eu também não. De todo. Mas a única coisa que peço, é que o sofrimento, jamais me feche aos outros. Enquanto isso não acontecer, umas vezes a rir outras a chorar, ando para a frente.
    Mas obrigada pelo carinho. Percebi muito bem o que queres dizer.

    Beijo

    Xana, minha querida Xana, o teu carinho chega todo cá.

    Entretanto, já me comunicaram que a consulta, é na próxima segunda feira.

    Beijos

    ResponderEliminar