2006-10-30

impotência

Se soubesse escrever, só escrevia declarações de amor!

5 comentários:

  1. Que raio... mas é o que tu fazes! :P

    Bom dia, amorosa ;)

    ResponderEliminar
  2. Bom dia, mano!

    Como é que vai a capital do império?

    E o fds? Foi muito díficil ser homem entre as mulheres? Ou é a elas que tenho de mandar recado? ;)

    De qualquer modo, beijos para aí!

    ResponderEliminar
  3. Ah isso… bem, quanto à que tem mais aninhos, é o homem da casa ;) Seja como for, conviver intimamente é sempre um berbicacho… mas nós até somos boa gente (?) e lá nos aturamos e fazemos mutuamente crescer (mesmo a mais adulta!)… Eh eh eh… Curiosamente, telefonou-me hoje a adulta a perguntar se “O adolescente” do Dostoiewski seria bom para ela ler… Quanto à capital do Império, bem, como as dos outros impérios vigentes e do mesmo, no meio de obras diversas e fantochadas, vai-se… destrambelhando :P

    ResponderEliminar
  4. Mas é o que tu escreves!

    Todos os teus textos são mensagens de amor/entrega.

    Beijos peregrinos e andorantes

    ResponderEliminar
  5. Passado 1 minuto de nos falarmos, também me apetecia escrever uma carta de amor.
    Estou feliz por ti!
    Inundou-me a alegria a meio da manhã!!!!!
    Beijos

    ResponderEliminar