2006-10-26

Isto é mesmo um jardim de luz?


Talvez eu seja mais forte de que imagino. Talvez tenha medo da minha própria força e me volte contra mim mesmo para me enfraquecer. Talvez o que eu mais tema seja a força de Deus em mim.

Thomas Merton

Desde o dia 17 de Agosto, vi logo que, isto ia ser um tempo de purificação. Fosse qual fosse o desfecho. Ainda não usei um único segundo de oração a pedir que Deus me "afaste este cálice". Temo a soberba desta atitude. Mas a minha atitude, foi desde sempre, colocar-me nas mãos de Deus. Continuamente, me coloco a mim e aos outros. Em todos os momentos e situações.
Ontem, um amigo perguntava-me (se calhar estava a fazer as vezes do tentador):
- Mas tu não acreditas em milagres?
Eu respondi:
- Que sei eu, dos misteriosos caminhos de Deus?

Não sei nada da "força" da oração. Para mim é um mistério. Mas procuro viver numa atitude orante. Entrego sempre em Deus a complexidade da vida. Todos os momentos de luz e sombra dos quais só Ele conhece o verdadeiro significado. A par disso, ajo. Ontem mesmo, depois do telefonema do IPO, enviei vários SOS. Obtive respostas. São os milagres do amor e da amizade. Nesses não tenho razões nenhumas para duvidar. E que resposta obtiveram, quando perguntaram ao Mestre:"Senhor, quando te vimos nu, ou com fome, ou na prisão?"

foto - Abetito e dintornei-www.sibillinum sica.it

3 comentários:

  1. Como este post mostra: é!

    Duvida de ti, duvida da vida, duvida do que quiseres... mas da luz deste jardim não podes.

    Pois nós que aqui vimos e dela nos alimentamos, é que sabemos ;)

    ResponderEliminar
  2. MC,

    Este Jardim é muitas coisas... mas seguramente é luminoso.
    Imagino que estas horas säo...

    Abraço grande!

    ResponderEliminar