2007-08-22

A Igreja e a pena de morte...

"A agência Fides, órgão da Congregação vaticana para a Evangelização dos Povos, acaba de publicar um dossiê especial sobre a pena de morte que tem como título «Amai os vossos inimigos» e por subtítulo: «Como o Estado tira a vida».O dossiê repassa dois diferentes métodos utilizados para acabar com a vida dos condenados. A seguir, evoca questões ligadas à pena de morte contra menores de idade, a de inocentes condenados à morte, e recolhe os dados relativos à aplicação da pena de morte no ano 2006, refletindo a situação dos diferentes países. A agência vaticana se pergunta: «Será 2007 o ano da moratória das execuções capitais?» e afirma: «A pena de morte é cruel e desnecessária». Como apoio ao dossiê, Fides menciona a tomada de posição da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos, e publica uma entrevista com Mario Marazziti, porta-voz da Comunidade de Sant’Egidio, movimento católico que promove mundialmente a abolição ou ao menos uma moratória da pena capital. "

(notícia Zenit.org)


Por mais forte que seja o nosso sentido de justiça, não se deve basear em primícias de vingança, de anulação e supressão da vida. A protecção dos indefesos, não deve cair em atitudes facilitistas. Por isso, agrada-me que na Igreja Católica se vá criando cada vez mais o sentido da justiça divina, que é misericórdia e perdão. Deus que é Amor, não faz distinções na sua acção entre bons e maus. Para aí devemos caminhar:
"Fazendo assim, tornar-vos-eis filhos do vosso Pai que está no Céu, pois Ele faz com que o Sol se levante sobre os bons e os maus e faz cair a chuva sobre os justos e os pecadores. " (Mt5,45)

Sem comentários:

Enviar um comentário