2008-05-28

"nua e desarmada"



Sabemos que a vida é aquilo que nenhum dizer, nenhuma imaginação pode verdadeiramente tocar-compreender-intuitivamente. Se a vida é vontade de vida, deficiência e dor, a vocação do humano é carregar todo o peso da dor e retirar deste peso a alegria e a vida. Os pessimistas perfeitos são aqueles que já ultrapassaram o signo: nem pedem à vida para ultrapassar a dor nem se lamentam disso (nem acusam nem choram) mas permanecem nela. Nem a retórica do sofrimento, nem a retórica da luz anulam a dor. É a retórica que engana, que ilude. A vida persuadida concentra-se no fogo do instante, na voz nua e desarmada.

José Augusto Mourão - Luz desarmada

2 comentários:

  1. aqui onde, carago?

    se não era para ser um link, está muito bem visto. aqui, claro. onde raio poderia ser? :)

    ResponderEliminar
  2. era, era, mano. :)

    foi a pressa e a nabice.

    Clicas e vais lá direitinho.

    beijos

    ResponderEliminar