2008-07-13

a Igreja pede perdão:


Não é coisa pouca, o Papa, em poucos meses, por duas vezes pede perdão pelos pecados da Igreja. O pedir perdão é uma atitude nobre. Subjacente a ela deve estar a atitude de humildade. Porque não podemos ficar com a ideia, de que os crimes de pedofilia praticados por alguns padres, é coisa só deles, que aconteceu porque eram mal-formados, ou maus. Aconteceu porque o pecado convive com todos os homens, não está isolado nesta pessoa ou naquela.




É assim, numa atitude humilde, que o Papa se deve encontrar com os milhares de jovens católicos, que se encontram na Austrália. Não pode, nem deve, fazer o discurso de que o mal está "lá fora", no mundo. O mal está em todo o lado. Assim como o bem. As escolhas são sempre nossas.

3 comentários:

  1. Este nem com milhares de pedidos de perdão me convence (isto é também para dizer que voltei)! :)
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. olá, lino :)

    ficaste mesmo zangado com esta gente. lá terás as tuas razões. não é que sejam santos...ah, não. :)

    bom regresso, então.

    beijos

    ResponderEliminar
  3. olá, lino :)

    ficaste mesmo zangado com esta gente. lá terás as tuas razões. não é que sejam santos...ah, não. :)

    bom regresso, então.

    beijos

    ResponderEliminar