2008-07-10

também nos diz respeito

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=354254&tema=31

Catorze pessoas morreram. Nove eram crianças, que foram atiradas ao mar.
Não é porque não os conhecemos (não são dos nossos), são de outra raça, de outro continente, que não sujamos as mãos com o seu sangue. A mortes dele pesa-nos. Como é que somos capazes de pôr tanto empenho em assinar ou não um tratado de Constituição Europeia e marginalizamos estes problemas prementes? Diz o Evangelho:"Nem só de pão vive o homem". Mas tantos, nem o pão diário.

Sem comentários:

Enviar um comentário