2008-08-31

A minha alma tem sede de ti



2*Ó Deus, Tu és o meu Deus! Anseio por ti!

A minha alma tem sede de ti;

todo o meu ser anela por ti,

como terra árida, exausta e sem água.


3Quero contemplar-te no santuário,

para ver o teu poder e a tua glória.

4O teu amor vale mais do que a vida;

por isso, os meus lábios te hão-de louvar.

5*Quero bendizer-te toda a minha vida

e em teu louvor levantar as minhas mãos.

6*A minha alma será saciada com deliciosos manjares,

com vozes de júbilo te louvarei.



7*Lembro-me de ti no meu leito,

penso em ti, se fico acordado,

8porque Tu és o meu auxílio,

e à sombra das tuas asas eu exulto.

9*A minha alma está unida a ti,

a tua mão direita me sustenta.



10Os que procuram a minha ruína,

cairão nas profundezas do abismo.

11Eles morrerão à espada

e serão transformados em pasto de chacais.

12*Mas o rei há-de alegrar-se em Deus,

cantarão louvores os que juram por Ele,

enquanto a boca dos mentirosos será fechada.


(Salmo 63)

Sem comentários:

Enviar um comentário