2008-08-21

ora bem...mal


entre o Veto presidencial e as declarações dum "bispo que tal", preocupa-me mais o facto de o verão estar quase a terminar, e ainda só ter conseguido ver duas borboletas e um pirilampo (caga-lume, diziam os putos da minha rua, quando ainda se viam aos montes).
Não quer dizer que não ache graça a ambos - o Presidente e o Bispo - gente que acha que dificultando o acto do divórcio, vai proteger a família e o casamento.

Como ainda me considero uma alma generosa, deixo aos dois - o Presidente e o Bispo - um "poema miniatura". É de um moço que gosto muito de visitar.

dos clitóris

-Uma ameixinha inchada, deste tamanhinho.

3 comentários:

  1. um poema bem enviado ao casalinho de boliqueime...

    abraço MC

    ResponderEliminar
  2. Na de Boliqueime já nem do tamanho duma caganita de rato, quanto mais duma ameixinha inchada. Até há algumas que não têm.

    ResponderEliminar
  3. vai um docinho de ameixa? :))

    vocês dois merecem um prémio pela coragem com que comentam os meus posts mais provocadores. :)

    eu não sei nada do casalinho de Boliqueime (nem me interessa), já o veto, revela tacanhez a todos os níveis. Isso, sim, inquieta-me.

    ResponderEliminar