2008-09-26

desperdiçar um orgasmo - esse instante de eternidade?

Isso é que é uma blasfémia! Abusaram dos "valium"...

“El orgasmo, que es la sacudida que experimenta el cuerpo con la satisfacción del placer sexual, es derecho exclusivo de casados. Una persona soltera no puede ni procurárselo voluntariamente ni aceptarlo si lo experimenta voluntariamente. A veces el orgasmo se produce imprevistamente. En ese caso tampoco es lícito saborearlo voluntariamente…”

3 comentários:

  1. Ai MC... eu nem costumo comentar... Mas este texto está uma verdadeira pérola!

    Adorei a definição de "sacudida que experimenta o corpo", EHEHEHEHEHEHEH. Alguém anda a ver muitos filmes... Alguém anda a ver muitos filmes... Sí cariño, sí... Que sacudida, mí amor, EHEHEH.

    Ai, vou-me comportar. Vou-me comportar, prometo. Devias criar uma etiqueta no blog chamada "HUMOR" para este tipo de textos.

    SHALOM

    ResponderEliminar
  2. eles são doidos varridos. sabes que o tal manual (de como rir até doer a barriga, com as lições de sexologia)é de 1983. Eu já suspeitava de algo parecido. e em tempos de igreja católica 1983 equivale a um ou dois séculos antes. No mínimo.

    Mudando de assunto, esteve a passar na RTP2 um doc sobre Dietrich Bonhoeffer. Fiquei muito impressionada. Conhecia alguns excertos do pensamento dele, mas não sabia dos fundamentos que motivaram a sua ética e mística. Sabes que ele conspirou para assassinar Hitler? E foi por isso que foi morto? Dá que pensar.

    ResponderEliminar
  3. Que anedota deliciosa!
    Ri até ás lágrimas..

    ResponderEliminar