2008-10-09

engordar o porquinho



Confesso que me passa muito ao lado a actual crise financeira. Crises conheço eu desde que deixei de molhar as fraldas. Mas sei ver quando se começam a formar os glutões do amanhã. E para isso arranjo uma história para contar:

Quando peço umas moedas para facilitar um troco, abre o porta moedas e vira-o para baixo, para eu ver que está cheio, mas é de ar. E com orgulho justifica:"agora nunca tenho moedas. O meu netinho, de dois anos, tira-mas todas. Diz ele que é para engordar o porquinho"

Sem comentários:

Enviar um comentário