2008-10-22

quem confessa a verdade...merece castigo!

Nada disso. Refiro-me aos casos em que se fala verdade para encobrir uma mentira maior. Numa segunda entrevista de emprego, sou interrompida pelo entrevistador, para pronunciar de forma lapidar:"A sociedade portuguesa é marcadamente machista!"
Abri mais os olhos para ter a certeza de que não tinha sonhado, e era o homem cinquentão, jeitoso, cordial, sentado à minha frente, que estava a fazer semelhante afirmação.
Caí do limbo onde já navegava quando, para completar uma referência que fiz sobre as minhas filhas (na ficha de inscrição era perguntado se tínhamos familiares a cargo), acrescenta, célere:"Já estão despachadas!"

Sem comentários:

Enviar um comentário