2008-12-22

No entiendo


O Papa Bento XVI, disse o seguinte, numa audiência aos cardeais da cúria: Deve proteger também o homem contra a destruição de si mesmo. É necessário que haja qualquer coisa como uma ecologia do homem, correctamente entendida. Não é uma metafísica superada, se a Igreja fala da natureza do ser humano como homem e mulher e pede que se respeite esta ordem da criação.Trata-se aqui da fé no Criador e da escuta da linguagem da criação, cujo desprezo seria uma autodestruição do homem e portanto uma destruição da própria obra de Deus”. Há quem leia isto como alusão a quem muda de sexo. Coisa que o papa condena, pelos vistos. Diz isto tudo, vestido saias bordadas, rendas e brocados, peles, para uma audiência com o mesmo figurino embora mais discreto. Dizem que não é o hábito que faz o monge, mas eu não garantia nada. Ora bolas, para esta espiritualidade.
fonte:www.radiovaticana.org/

3 comentários: