2009-08-11

asininos terroristas

São os senhores da Federação Portuguesa pela Vida (FPV) que num comunicado, fazem as seguintes afirmações sobre as disposições da nova lei de Educação Sexual, publicada em Diário da República a 6 de Agosto.:

“A Federação Portuguesa pela Vida recorda que o facto de não vermos as vítimas dos nossos actos não torna esses mesmos actos menos maus. O facto de não vermos a criança abortada não lava as nossas mãos; não vermos as crianças destroçadas pela educação sexual desenhada por tarados sexuais não lava as nossas mãos; não ver os cancros da mama provocados por uma distribuição cega e massificada de hormonas sintéticas nas escolas não lava as nossas mãos."

É impossível dialogar e assumir qualquer compromisso, com pessoas que falam deste modo, sobre este tema da Educação Sexual.
Creio que mingúem os leva a sério. E isto só serve, para os próprios se considerarem, superiores em relação à restante sociedade.
Lamento sempre que sejam tão minuciosos com a moral sexual e tão míopes com os graves problemas de injustiça. E outros.

Sem comentários:

Enviar um comentário