2009-08-07

um arranjinho para ti, um para mim...


Assim, vistos a confortável distância, é curioso ver os arranjinhos na composição das listas, às próximas eleições.


E os que diziam que se iam - que não queriam nem podiam mais (já disseram muitas vezes) - e agora ficam e ficam. E os amuos e os beicinhos em bico. Só vendo.

5 comentários:

  1. Não sei se as pessoas têm noção mas isto é o equivalente moderno de vender cargos públicos no forum...

    ResponderEliminar
  2. Pedro,

    eu só sei que o quadro é desolador. Convivo num contexto muito local e é desolador, mesmo. muito.

    ResponderEliminar
  3. hoje ainda estive a falar com um político sobre isso. Felizmente os dois concordámos que são precisas pessoas de valores na política. E haverá...se andarmos de lanterna como o outro.

    ResponderEliminar
  4. MC,

    Eu concordo com isso mas garanto por experiência própria que os partidos fogem como o diabo da cruz de pessoas sérias (então se tiverem ideias são condenadas ao desterro). Estar à espera de iniciativa reformadora vinda dos orgãos partidários é tão fútil como esperar neve em Agosto.

    ResponderEliminar
  5. bom, bom, também não discordo de ti. ;)

    a verdade é que não conheço a vida partidária para fazer qualquer afirmação sobre. Mas é quase um "princípio" que o poder não comtempla príncipios. Movimentei-me noutras áreas e constato o mesmo que tu.

    ResponderEliminar