2009-08-04

uma nova luz

Com 3,685 Kg (reparem no preciosismo) nasceu, ontem, o Gabriel. Filho da Ana e do Vitor e meu neto.
Sim, acredito em milagres. O amor fez mais um milagre nesta família.
O Gabriel é lindo, lindo. É verdade. Não são só os meus olhos de avó que o testemunham. O maravilhoso é descobrir uma nova e totalizante experiência de amor. Estamos todos diferentes. O Gabriel trouxe uma nova e diferente luz.

13 comentários:

  1. Lindo, lindo, é sentir uma avó... feliz (ia dizer babada, mas a imagem pareceu-me algo desconcertante). Parabéns a todos, muita saúde.

    ResponderEliminar
  2. MC, posso partilhar da tua (vossa) alegria? Disfruta!!!!!! Parabéns. Um beijo

    ResponderEliminar
  3. (descendo um pouco das nuvens...)

    Henrique,

    tens razão! Uma avó num momento particularmente feliz. Feliz pelo neto, feliz por ver a felicidade dos pais...enfim, um oásis que me arrebata de um modo que eu nem imaginava nos melhores sonhos.

    Obrigada em nome de toda a família. Muita saúde para ti e para as tuas meninas ;)


    CBS,

    obrigada. Não estou babada. Mais feliz. Mas que o Gabriel nos enche o olhar, enche. :)


    Zé, meu querido amigo, claro que sim. Todos fazemos muito gosto nisso.

    Disfruto, sim. Pode-se lá fazer outra coisa?
    Beijo para ti.

    Lino,

    obrigada. Beijinhos também para ti.

    ResponderEliminar
  4. Muitas felicidades para as três gerações - ou para as quatro, no caso de ainda ter essa sorte.

    ResponderEliminar
  5. obrigada, tacci.

    quatro, pois. Ainda tem bisavô (meu pai) que o vai aliciar para o benfica (e o pai não vai achar garça nenhuma).

    ResponderEliminar
  6. ora isto sim, merece um ganda parabem especial! bjs e felicidades

    ResponderEliminar
  7. Muitos parabéns. Sabe eu ando com o meu relógio da avoternidade nos píncaros, mas não vejo maneira...

    ResponderEliminar
  8. António,

    um ganda obrigada. De todos nós.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Ana,

    obrigada.

    Vai ter que ter calma. Eles é que decidem. A gente acolhe e agradece, tudo, sempre.

    Mas é uma sensação incrível. Eles bem me diziam que quando nascesse o neto, não saía de Lisboa. Tinham razão. Ainda não consegui ver o pequeno de olhos abertos. Será este fim-de-semana. :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  10. MC,
    fiquei muito feliz com esta notícia: por tudo ter corrido bem, e por essa luz nova que se instalou na vossa vida.
    E que belo nome lhe deram: anjo dos judeus, dos cristãos e dos muçulmanos, o anjo da luz e da misericórdia.

    ResponderEliminar
  11. Helena o Gabriel é uma força venturosa na nossa família. Já está a desfazer o mito de anjinho e a fazer birras que põem os pais à nora.
    Mas é doce muito muito grande para esta avó determinada a viver muitos bons momentos com ele.

    Beijos, Helena.

    ResponderEliminar