2009-10-22

bem diz o ditado:"Deus não dorme", mas descansa


Luís Afonso - www.publico.clix.pt/

4 comentários:

  1. Caso ainda não saibas, amanhã, após o jornal da 20H00, a SIC tem um bate-papo entre o José Saramago e o José Tolentino de Mendonça (espero que já tenha lido o livro). O Zé d'Azinhaga, no que ao Genesis e ao Êxodo diz respeito (e a mais alguns, como, por exemplo, os 2 Juízes e os 2 Reis), está carregado de razão. Ainda há quem ensine a catequese pelo livrinho do Pio X.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. tu já leste o livro? eu como estou amuada com o Saramago só vou ler quando me esquecer das asneiras que disse.

    Isso é que era bom que fosse com o Tolentino. Acho que é com o Carreira das Neves. Já vi um vídeo no Público com um comentário dele e não achei nada apropriado.

    Faz lá um post com a tua opinião que eu depois comento. Assim de fugida não percebo o que queres dizer.

    Claro que há muita gente que ainda não largou o livrinho do Pio X. Tive hoje uma pequena conversa com alguém assim.

    ResponderEliminar
  3. é a melhor forma de levar esta polémica, a rir...

    mas a lata (ou senilidade) do Saramago não tem limites...

    bjs MC

    ResponderEliminar
  4. Luís,

    o facto de introduzir aqui o elemento humor, não significa que pretenda com ele eliminar a polémica. Mas pode muito bem estar presente.

    Quando nos sentimos inseguros, por vezes, enveredamos por essa via. Como que a fechar o círculo. Não aceitamos o desconforto de ser postos em causa. Então, o humor é um bom meio de fuga.

    O Saramago tem todo o direito a dizer o que quiser da Bíblia. Não é admissível que alguém diga que pelo facto de o fazer, deve prescindir da nacionalidade portuguesa.

    Mas os crentes (católicos, neste caso) têm todo o direito de se defender e argumentar a contestar o que Saramago disse.

    Direito e dever, de ambos os lados.

    beijos

    ResponderEliminar