2009-11-01

confundidos

O que devia ser a festa da unidade de todos os seres com Deus, tornou-se uma recordação da morte.

Somos fartos nas falhas de comunicação.

1 comentário:

  1. Bem, a “unidade de todos os seres com Deus” é a vida; e opor-lhe a morte é mutilar ambas: a vida sem morte é ilusória, e a morte sem vida é desespero; ou se preferires: não há ressurreição sem cruz, e inversamente. O cristianismo é uma espécie de supra-realismo, não é negro nem cor-de-rosa mas roxo ;) bjocas

    ResponderEliminar