2010-05-19

como seria, Senhor Presidente

"Se a economia portuguesa estivesse melhorzinha, poderíamos dar-nos ao luxo de continuar a proibir os casamentos gays? É que assim fica-se com a impressão que o descalabro financeiro acabou por ser bom para as pessoas gays. Para não dizer que se aproveitaram dele.

Miguel Esteves Cardoso no Público (edição impressa)

Sem comentários:

Enviar um comentário