2010-07-20

figurinhas

O tom foi subindo e, palavra puxa palavra, entraram a arrepelar-se, até que um barafustou que ao parceiro faltava tesura, caso contrário não se escondia por detrás dum pseudónimo. Brioso, o acusado, deu o nome. Reparte o outro, dizendo que se tivesse sabido teria usado um tom diferente e aproveitado até para lhe dizer que conhece e aprecia os livros que tem escrito. O visado não quer ficar atrás, quase jura que pensa o mesmo do interlocutor, e acabam em salamaleques.

Agora digam lá: para que há-de ir uma pessoa gastar duas horas num teatro?

2 comentários:

  1. Eu não me divirto nada nas caixas de comentários. Problemas de quem leva a vida demasiado a sério.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. depende...algumas dão mas é para chorar.

    Para sentir o que é uma depressão é pôr-se, por exemplo, a ler os comentários aos artigos de opinião nos vários jornais.

    Podem experimentar-se muitos sentimentos a ler os comentários que por aí se escrevem. Sem que tenha de pôr em causa a seriedade da vida ;)

    já a pureza, bem... ;)

    ResponderEliminar