2010-08-09

aprender a ser hóspedes

Precisamos, de vez em quando, de ver como nos comportamos nos nossos variados relacionamentos. Como acolhemos e como aceitamos ser acolhidos. A maior parte das vezes, se formos verdadeiros, veremos coisas bem feias. É preciso aguentar o olhar.

Somos demasiado possessivos e focados nas nossas necessidades de atenção.
Uma relação com um bébé ou uma criança pequena é uma situação privilegiada para aferirmos das nossas motivações e comportamentos. Aí, não há jogos possíveis. A menos que os tornemos mais um objecto de posse.

2 comentários:

  1. Para mim, bébé ou criança só se for um neto meu. É assim desde os disparates de um tal Rui Teixeira, motoqueiro profissional e juiz na horas vagas.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. lino,

    a relação com um (ou mais) neto é um espaço privilegiado de aprendizagem, mas ainda há muitas outras crianças no nosso círculo familiar ou de amizade.

    Não sejas assim! :)

    Beijos

    ResponderEliminar