2010-12-18

confessions

será melhor não ter tido ou ter perdido?..."O conhecimento não resulta de um simples contemplar nem apenas de um reflectir, mas de um agir e do analisar o que é criado. Assim, cada grau de conhecimento humano, sensível e racional, é uma actividade da qual participam o saber do homem e as suas experiências" (Sónia Kramer). A minha experiência (coisa pouca...o normal para uma mulher discreta que passou há pouco os cinquenta) portanto, é que o melhor é ter perdido, sem se ter perdido. O que implica que, por vezes, se diga sim e  não. E mais outras (muitas) que não se sabe o que dizer.

2 comentários:

  1. a sua resposta não será uma fuga à questão?

    (estou a perguntar e não a afirmar)

    ResponderEliminar
  2. A minha resposta não é uma fuga à questão. Se precisa de uma resposta "sim sim" "não não" aqui vai: é preferível ter perdido do que não ter tido. Sou apologista de que só se conhece aquilo que se experienciou. E, como é sabido, só se perde o que se tem.
    Mas existem tantos caminhos e experiências como pessoas. A minha resposta serve-me a mim. O Jaime terá a sua.

    ResponderEliminar