2011-03-13

da importância de ler Nietzsche

O valor de uma coisa não reside no que com ela se alcança, mas no que por ela se paga - no que nos custa.

F. Nietzsche - "O crepúsculo dos Ídolos"

Conhecem algo mais cristão do que isto?

2 comentários:

  1. Eu diria que sim:
    considerar o Outro sempre como um fim em si mesmo e nunca como um meio - como recomenda o Kant.
    Mas eu sou suspeito: não gosto muito do Nietzsche.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Tacci,

    a minha relação com o Nietzsche é pouco mais que superficial. Não posso garantir que gosto ou não gosto. Já me encrespei com ele, já me deliciei a ler o "Assim falava Zaratustra" e estou numa fase de releitura do "Crepúsculo dos Ídolos".

    Numa relação é importante (acho eu) a provocação e o confronto. É isso que ando a fazer com o Nietzsche. É esse o fim do meu post.

    Quando não temos "bagagem" (desculpa, é o título da Adélia Prado que tenho à frente)para manter a provocação e o confronto, ou manipulamos e/ou deixamo-nos manipular. E lá estamos a usar o Outro como meio (como dizes).

    Outro abraço para ti.

    ResponderEliminar