2011-03-17

liberdade condicional

Não era a primeira vez que a imagem dos raios de sol a incidir no orvalho depositado nas ervas, me causava espanto. Não era um olhar de ver. Era um olhar de "ser com". Foi com violência que desprendi o olhar e segui em frente. A vontade era ficar, ali, a dissolver-me gota-a-gota.

Sem comentários:

Enviar um comentário