2011-06-03

um homem/mulher um voto

Podemos convidar a ruína e elevar o cinismo a uma arte menor, mas só um país com uma doença moral profunda reelegerá Sócrates. Isto é importante, porque é a minha única certeza.

Porque não cultivo o mito do "bode expiatório". Porque os seis anos de Governo não se limitaram a uma única pessoa, mas a um colectivo que executou políticas e acções em contexto quase sempre desfavorável e adverso. Porque sei identificar algumas opções erradas, mas também as que significaram  coragem e inovação. Porque não se me oferece alternativa credível e melhor: no dia 5 voto PS (e em Sócrates, claro!)

imagem: Mário Botas

Sem comentários:

Enviar um comentário