2011-11-22

no tempo de todos os cansaços

O desafio da Igreja prende-se, assim, com a própria forma de apresentação do seu discurso. Não se trata de adequar o produto ao público. Trata-se de apresentar a sua mensagem como o que de facto é: uma resposta aos problemas do ser humano. Isso implica uma mudança de linguagem e implica tomar consciência da dimensão universal desta história em que estamos metidos.

daqui

Sem comentários:

Enviar um comentário