2011-11-08

os porquês da fé

No discurso religioso, não faltam explanações e considerandos acerca do que é a fé e porque razão (ou razões) uns a têm e outros não.
Afirma-se que a fé é um dom. Deus chama. E cada um, conscientemente e livremente,  dá, ou não, resposta ao "chamamento" de Deus. Considerando nesta tese que a fé é um acto pessoal.
Sem desconsiderar esse enunciado - porque ninguém  poderá responder por outrém no acto de fé - considero, antes, a fé como um dom comunitário. Expressa-se no discurso e na acção dos diferentes grupos religiosos, mas não está cativa deles. A fé estás presente no mundo dos homens. Considero isto mais importante e vital do que ter resposta para a pergunta: porque é que uns têm e outros  não?

Sem comentários:

Enviar um comentário