2012-01-23

se a patetice pagasse imposto...

Na primeira impressão tive vontade de fazer humor, mas depressa perdi a vontade de tal coisa. Não é possível aligeirar o facto de um bispo se referir do seguinte modo: "A las mujeres de mi iglesia siempre les digo lo mismo: 'A quien tienes que cuidar más es a tu marido, él es el hijo más pequeño de la casa'. Ya sabéis por qué lo digo. Lo tienen que cuidar, no se pueden descuidar”.
Como equilibrar um relação conjugal onde a mulher assume um papel maternalista em relação ao cônjuge? 

 Lamentáveis também os considerandos sobre a homossexualidade. É só mais um exemplo de uma hierarquia arredada do comum viver da sociedade em que se insere.

5 comentários:

  1. Bispo, espanhol e Opus Dei só podia dar asneira da grossa!
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Não conheço quase nada da Igreja Espanhola (e já pouco mais da portuguesa)mas causa-me algum espanto estes bispos tão desajustados ao comum viver das pessoas...

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Boa noite!... É assim: Digo-vos só uma coisa: Uma Igreja assim não pode durar muito!... E não vai durar muito... Deixem o Ratazaniger ir no seu tempo e depois falamos!... Boa noite!...

    ResponderEliminar
  4. ...E digo-vos mais: É que hoje apanhei por aí esta pérola:

    http://www.independent.co.uk/news/world/europe/revealed-publisher-owned-by-the-catholic-church-sells-pornography-6257572.html

    No Comments!...

    Boa noite!...

    ResponderEliminar
  5. Olá, P.P.

    Não sei muito bem o que te diga. A Igreja não é só estas tolices...(já conhecia essa notícia sobre a editora alemã) e tudo isto só prova que é uma ilusão retirar a Igreja (seja a católica romana ou outra qualquer) do contexto da sociedade. E o cristianismo em dois mil anos já foi muita coisa: também morte.
    Penso nisso tudo e volto sempre à questão: "e eu?"

    Boas noites.

    ResponderEliminar