2012-02-17

orfandades

Os católicos definem o baptismo como um «segundo nascimento», um nascimento espiritual após o físico. Digamos que os «born again» vão mais longe e acreditam num terceiro nascimento, que não é já um rito infantil mas um acto maduro: a aceitação pessoal de Jesus. Muita gente faz pouco disto, mas todo o ruído vem da palavra «Jesus», porque na verdade o mundo fervilha de convertidos, de reformados, de arrependidos, servos não de Jesus mas de outros senhores, aceites com gosto, e às vezes, confesso, a natalidade é tão fecunda que dá náuseas.

Pedro Mexia, aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário