2012-03-11

Não posso deixá-lo com uma dúvida, continua ela, com uma desconfiança. Gostaria de voltar a falar-lhe do mar. Mas não deixa de ser um constrangimento. Os regatos avançam; mas ele não. Ouça, não se zangue, juro-lhe, não tenho a menor intenção de o enganar. Ele é assim. Por mais que se agite, detém-se diante de um pouco de areia. É muito constrangido. De certeza que gostava de avançar, mas é um facto.
Talvez avance um dia mais tarde.

Henri Michaux in "Antologia"
Tradução de Margarida Vale de Gato
Relógio d'Agua

Sem comentários:

Enviar um comentário