2012-04-17

a mulher é o colectivo de um povo e o poço e o marido são...

Noite de núpcias
 
Se, no vosso dia de núpcias, quando entrardes em casa, mergulhardes a vossa mulher num poço durante a noite, ela ficará atordoada. Tinha razão na vaga inquietude que sempre sentira...
"Ora aí está", diz ela consigo, "então é isto o casamento. Era por isso que mantinham a prática tão secreta. Deixei-me levar neste assunto."
Mas, sentindo-se envergonhada, não diz nada. É por isso que podereis mergulhá-la longamente e várias vezes, sem provocar nenhum escândalo na vizinhança.
Se ela não compreendeu da primeira vez, tem poucas hipóteses de o compreender ulteriormente, e vós tendes muitas hipóteses de poder continuar sem incidentes (à excepção da bronquite), se, de qualquer forma, isso vos interessar.
Quanto a mim, sentindo-me ainda pior no corpo dos outros do que no meu, tive de renunciar rapidamente ao exercício.


Henri Michaux "Antologia"
Tradução de Margarida Vale de Gato
Relógio D'Água

Sem comentários:

Enviar um comentário