2012-07-26

a resistir à estagnação







Bóia quadragésima sétima:
Com o camaroeiro tentava apanhar o maior número possível de gotas de chuva.


Bóia quadragésima quinta:
A Mariana, dos seus cabelos longos, retira por vezes, belas borboletas.


"Poesia insuflável - cinquenta bóias e uma pausa para insuflação"
Paulo da Ponte (um amigo do jardim)

2 comentários:

  1. Olha. Está-se bem à sombra deste ulmeiro. :)

    ResponderEliminar
  2. Boa escolha. Os plátanos são terríveis para a rinite. ;)

    ResponderEliminar