2012-11-28

da maioria silenciosa à participação activa


Para melhorar a igualdade entre homens e mulheres na Igreja, é preciso permitir uma verdadeira cidadania das mulheres na Igreja. É urgente que as mulheres que estão privadas da palavra – de maneira equivalente à privação dos direitos cívicos por muito tempo vivida na sociedade civil – se tornem sujeitos da palavra. Certamente, há mulheres nos conselhos pastorais ou que leccionam na faculdade de teologia... Mas as homilias dominicais – lugar de formação cristã para 95% dos católicos – estão fechadas para elas.

daqui

2 comentários:

  1. é triste que a igreja fique sempre no fim da fila, a olhar para a sociedade.

    além de injusto, claro.

    beijinhos Maria C.

    ResponderEliminar