2013-02-20



A crítica não é bem vista em lado nenhum (ah, pois, nos enunciados) e, na Igreja, muito menos. Mas deviam existir muito mais vozes como esta. Masculinas e femininas:



Um bom começo será dar uma boa varredela nos poderes mais ou menos ocultos da Cúria Romana e das estruturas do Estado da Santa Sé, que tendem a monopolizar a estrutura eclesial tornando-a apenas eclesiástica e burocrática. Um poder, eufemisticamente chamado serviço, exclusivamente masculino, constituído por idosos celibatários que vivem, quais peixinhos no aquário de águas cálidas, bem longe dos problemas quotidianos das famílias e que têm a ousadia de dizer de cátedra como se deve viver, que Bispos se devem nomear, que Papa se pode escolher entre o restrito número de Cardeais, sendo que que o mais das vezes são oriundos do tal aquário mesmo se a pele for de outra cor menos predominante…

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Maravilha... grato...

    No Pai caminhamos....


    (deu erro no 1º comentário, sorry)

    ResponderEliminar
  3. que assim seja!

    não faz mal. a configuração para não permitir comentários anónimos parece que falha mais, mas prefiro assim. :)

    ResponderEliminar
  4. Na cúria não há só velhos, também há jovens papáveis (de papar = comer) e papadores aos montes!
    Beijos

    ResponderEliminar