2013-02-18





RES COGITANS

Penso, logo minto.
No que vejo, incerto,
reside o infinito,
pesadelo sem objecto.

E se afino o tacto,
mesmo sem afinco,
o real me escapa,
paródia de labirinto.

Atónito entre nomes
e números, imagens
que me consomem,

sei que esta margem,
sua textura informa,
traduz outra paisagem.



Reynaldo Damazio





Sem comentários:

Enviar um comentário