2013-04-01

o que acham?



- O que acham? - gritou Razumíkhin, elevando ainda mais a voz -, pensam que me importa que eles digam disparates e mentiras? Nada disso! Eu gosto que digam disparates e mentiras! A mentira é o único privilégio humano em relação a todos os outros organismos. Pela mentira se chega à verdade! Sou humano porque erro. Nunca ninguém chegou a nenhuma verdade sem antes errar catorze vezes, e talvez cento e catorze, e isso é honroso, à sua maneira; mas nós nem sabemos errar pela nossa cabeça! Diz-me um disparate, mas à tua maneira e dou-te um beijo. Um disparate nosso é quase melhor do que uma verdade alheia; no primeiro caso somos seres humanos, no segundo somos apenas papagaios.



F. Dostoievski in "Crime e Castigo"

Sem comentários:

Enviar um comentário