2013-11-01

desalmada




A Conferência Episcopal Portuguesa, depois de solicitamente colaborar com o Governo na supressão deste feriado do 1º de Novembro, vem agora lembrar os seu fiéis de que "continua a ser um «dia de preceito»"  a celebração de Todos os Santos (dever de ir à missa). As tradições são para se manter: tratar os fiéis com o paternalismo característico.

Sem comentários:

Enviar um comentário