2015-10-10






“Ah. Vontade de a todos sacudir. Como é que suportam esse buraco vazio? Como é possível ir até o fim da própria vida sem perguntar ao menos: por que é que estou vivo?”


Hilda Hilst, em Tu Não Te Moves de Ti.

Sem comentários:

Enviar um comentário