2017-06-10

Portugal





“independente do atraso, da ignorância, da pobreza, da injustiça, da dívida, da sujeição, livre da prepotência, da demagogia, do pensamento único, da xenofobia e do racismo”

[Marcelo Rebelo de Sousa, no discurso do 10 de junho]

Sem comentários:

Enviar um comentário